ERVAS AROMÁTICAS EM CASA

 

Usadas para aromatizar canteiros e cozinhados, há ervas que são facilmente cultivadas em casa, desde que em locais apropriados e na altura certa do ano


Coentros, salsa, manjericão, tomilho, hortelã, orégãos, entre outras, são ervas que usamos, com frequência, na cozinha e que, facilmente, podemos cultivar e armazenar em casa. Mesmo quem não tem jardim pode dedicar um pequeno espaço na varanda ou na janela da cozinha, desde que ensolarado, e plantar as ervas em vasos com uma boa drenagem, na época certa do seu cultivo.

Assim que as ervas começam a florescer devem ser retiradas e colocadas a secar, penduradas, presas pelos caules, num local seco e arejado. É o caso dos orégãos. Já ervas como o manjericão, a salsa, os coentros ou o cebolinho, podem ser congeladas, depois de lavadas, picadas e colocadas em cuvetes de gelo com água, ou, depois de lavadas e secas, colocam-se em saquinhos fechados e rotulados, no congelador.
Para que se mantenham em boas condições são precisos certos cuidados com as ervas aromáticas. Uma boa drenagem é o primeiro passo para uma cultura de sucesso. Como tal, devem-se manter os orifícios de escoamento do vaso desimpedidos, assim como colocar no seu fundo pequenas pedras ou cacos de vidro. Depois de plantadas, devem ser regularmente regadas e até borrifadas, em épocas de calor excessivo. As ervas daninhas devem ser retiradas, assim como se devem aparar as partes afectadas.